GPA ANUNCIA VENCEDORES DA 10ª EDIÇÃO

Já são conhecidos os vencedores da 10ª Edição do Green Project Awards 2017 (GPA). Os premiados foram anunciados hoje numa cerimónia que decorreu no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, a par com a V Conferência GPA’17 sobre o tema “A Cidadania e o Futuro da Sustentabilidade”.

Para a entrega das distinções estiveram presentes Ana Lehmann, Secretária de Estado da Indústria, que entregou o Prémio na Categoria Indústria 4.0 e João Pedro Matos Fernandes, Ministro do Ambiente que atribuiu os Prémios das Categorias Iniciativa Jovem e Gestão Eficiente de Recursos, assim como o Prémio Especial Carreira pela Sustentabilidade, a par com Rui Moreira, Presidente da Câmara do Porto.

O Prémio Especial Carreira pela Sustentabilidade, por nomeação direta do Ministro do Ambiente e do Presidente da Câmara do Porto, foi atribuído a Pedro Cunha Serra, um dos maiores especialistas em recursos hídricos do nosso país e atual assessor da Administração TPF-Planege, além de Ex-Presidente do Conselho de Administração da AdP, Águas de Portugal, S.A e a Filipe Duarte Santos, especialista de renome internacional na área das Alterações Climáticas e Presidente do Conselho Nacional do Ambiente.

Nesta cerimónia foram ainda atribuídos três prémios especiais. O Prémio Jerónimo Martins/GPA – Investigação e Desenvolvimento Sustentável 2017 foi atribuído ao Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, com o projeto ECO-Zement: Reutilização do resíduo de “cracking” catalítico em leito fluidizado da refinação de petróleo em materiais à base de cimento. O projeto ECO-Zement tem como objetivo que a seleção destes ecomateriais seja convergida com as preocupações de sustentabilidade que incluem maior consideração pelos impactos ambientais bem como, com a gestão de recursos naturais e financeiros limitados.

O vencedor do Prémio Inovação Social Sociedade Ponto Verde/GPA foi o Ineditapanoplia Club (A.K.A. Critical Concrete) com o projeto Critical Change, um laboratório que desenvolve soluções acessíveis, eficientes e sustentáveis que permitam combater a pobreza habitacional. A Critical Concrete trabalha com a comunidade local onde desenvolve atividades baseadas no consumo consciente, reutilização de materiais e upcycling. As Menções Honrosas couberam à 1000Rostos, Associação Ação Social com o projeto Vintage for a Cause e à BIPP – Inclusão para a Deficiência com o projeto SEMEAR.

Este ano foi ainda entregue pela primeira vez o Prémio ANI – Agência Nacional de Inovação/GPA Born From Knowledge (BfK) – BfK Awards ao projeto Smart Kiosk in Motion, estruturas inteligentes de 20 ou 40 metros quadrados com mecanismo de rotação de 180º para seguir o sol, da Casas em Movimento. Estas soluções produzem 5 vezes mais energia elétrica que a consumida, resultante da rotação combinada do edifício e da cobertura fotovoltaica. Os excedentes energéticos podem ser utilizados para alimentar smartphones, portáteis ou até viaturas elétricas e edifícios envolventes.

No que diz respeito às categorias GPA’17, foram atribuídos os seguintes galardões.

AGRICULTURA

Vencedor: ASFERTGLOBAL LDA, com o projeto Kiplant iNmass

Menção Honrosa: Associação Nacional da Indústria para a Proteção das Plantas, com o projeto Smart Farm

Menção Honrosa: FROMAGERIES BEL PORTUGAL, S.A., com o projeto Leite de Pastagem Terra Nostra

CIDADES E MOBILIDADE SUSTENTÁVEIS

Vencedor: Casas em Movimento, com o projeto Smart Kiosk in Motion

Menção Honrosa: Citibrain, com o projeto Citibrain Smart Air Quality na cidade do Porto

Menção Honrosa: Solar Trap – Architecture, com o projeto MUSCLE – EcoSmart Urban System for a NETZero Living

GESTÃO EFICIENTE DE RECURSOS

Vencedor: PRIO Biocombustíveis, S.A., com o projeto PRIO TOP LEVEL – Waste to Biofuels

Menção Honrosa: Metropolitano de Lisboa, com o projeto Gota a Gota Poupa – Redução do consumo de água no Metropolitano de Lisboa

Menção Honrosa: Cimpor Cimentos de Portugal – Empresa do Grupo Intercement, com o projeto Instalação de secador para aproveitamento de gases quentes e secagem de combustíveis

INDUSTRIA 4.0 – TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

Vencedor: BITCLIQ, com o projeto BIG EYE – Smart Fishing

Menção Honrosa: Oikos – Cooperação e Desenvolvimento, com o projeto SmartFarmer

INICIATIVA DE MOBILIZAÇÃO

Vencedor: Ocean Alive, com o projeto Mariscar SEM Lixo

Menção Honrosa: LIPOR – Intermunicipal Waste Management of Greater Porto, com o projeto Geração +

INICIATIVA JOVEM

Vencedor: Escola Básica e Secundária Rodrigues de Freitas, com o projeto Biocompostor

Menção Honrosa: Agrupamento de Escolas Rio Novo do Príncipe – Cacia, com o projeto Educar para a Sustentabilidade

Menção Honrosa: Escola EB 2,3 D. Afonso IV, Conde de Ourém, com o projeto AGIR

INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

Vencedor: Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, com o projeto ECO-Zement: Reutilização do resíduo de “cracking” catalítico em leito fluidizado da refinação de petróleo em materiais à base de cimento

Menção Honrosa: Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa, com o projeto BIOTESTE – Testes de diagnostico rápido baseados em biopolímero produzidos por bactérias a partir de resíduos alimentares

Menção Honrosa: Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica, com o projeto NutraBrass – Nutracêuticos derivados de Brassicacea: processamento a alta-pressão de excedentes de vegetais crucíferos para recuperação de ingredientes biologicamente ativos com efeito na saúde

MAR

Vencedor: Sun Concept, Lda, com o projeto Sun Concept – Solar Boat Builders

Menção Honrosa: ALGAplus Produção e Comercialização de Algas e seus Derivados, com o projeto Cultivo de Algas Marinhas Bio

Menção Honrosa: Instituto Politécnico de Leiria, com o projeto AMALIA – “Algae-to-market lab ideas”, valorização das algas marinhas invasoras da costa Ibérica

TURISMO

Vencedor: Neya Lisboa Hotel, com o projeto Sustentabilidade do NEYA Lisboa Hotel

Menção Honrosa: Almáa, Lda, com o projeto Almáa Sintra Hostel

Menção Honrosa: Farmer Experience, com o projeto Campónio – Experiências com verdadeiros produtores

Post a comment