Encontro de Parceiros 2018: Lidl

A Agência Portuguesa do Ambiente, a Quercus-ANCN e a GCI, em parceria com o Lidl, realizaram o primeiro Encontro de Parceiros da 11ª edição do Green Project Awards, que reuniu, na Aldeia de Crianças SOS Portugal, em Bicesse, alguns dos seus principais stakeholders para discutir o tema “Impacto da Inovação na Economia Social”.

Filipe Almeida, Coordenador do Júri do GPA na categoria Inovação Social e Mobilização e Presidente da Portugal Inovação Social, afirmou que “é um equívoco alimentar um discurso que pressiona as empresas para se envolverem em projetos sociais porque, só assim, se integram nas necessidades fundamentais da sociedade e geram valor social. Não é verdade.” Em Portugal, 57 mil empresas, das 60 mil organizações que constitui o tecido corporativo e social português, efetuam donativos sociais num valor total que ronda os 140 milhões de euros.

Salienta ainda que “é urgente dar pão a quem tem fome hoje, é importante encontrar uma solução para que não tenha fome amanhã. A ação social para o dia de hoje é inovação social para o dia de amanhã”. Aqui, Portugal tem um papel de destaque no mapa Europeu. Em Portugal, 8,2% da população está envolvida em processos de criação de negócio. “Pela primeira vez um Estado membro mobilizou cerca de 150 milhões de euros do Fundo Social Europeu, no contexto do Acordo de Parceria Portugal 2020, para financiar projetos inovadores orientados para a obtenção de resultados sociais e ganhos de eficiência em áreas prioritárias de política pública, nos domínios do Emprego, da Proteção Social, da Educação, da Saúde ou da Justiça”.

Durante o encontro Luís Cardoso de Meneses, Secretário-geral da Aldeia de Crianças SOS, falou sobre em que medida a instituição vai ao encontro da realidade de inovação social: “140 milhões de crianças em todo o mundo perderam os seus pais e 57 milhões de crianças em idade escolar não vão à escola”. No caso de Portugal, em 2016, eram 8.175 as crianças institucionalizadas, existindo um aumento de 2,3% para 2.396 crianças que foram retiradas à sua família. Para combater estes números, a Aldeia de Crianças SOS apoia e acolhe mais de 250 crianças e jovens através de programas de sensibilização, prevenção e proteção.

A sessão contou ainda com a apresentação de Filipa Rodrigues, da direção de comunicação e CRS do LIDL, marca alemã há 23 anos em Portugal. A sua visão é “desenvolver sociedades mais saudáveis e capazes de endereçar os desafios sociais, criando relações próximas e sustentáveis”. Para a criação de valor social, a marca vai ao encontro de eixos prioritários como a “promoção de estilos de vida e alimentação saudável, com projetos escolares focados na educação alimentar, combater a fome e o desperdício alimentar, através de parceiros capazes de distribuir o que permanece nos pontos de venda e potenciar a economia social, apoiando instituições geradoras de riqueza social”. O investimento social da marca alemã traduz-se na doação de 11 milhões de euros diretos para a sociedade, no apoio de 63.000 crianças envolvidas em ações de estilos de vida e alimentação saudáveis, 191.000 artigos alimentares doados ao Banco Alimentar e mais de 2.200 instituições sociais apoiadas.