FAQ’s

Quem se pode candidatar?

Poderão concorrer ao Green Project Awards Portugal empresas, organizações não-governamentais, entidades públicas, associações, fundações e outras organizações da sociedade civil e cidadãos em nome individual, que apresentem candidaturas que cumpram as seguintes condições de elegibilidade:

  • projetos, produtos, serviços, campanhas ou ações que visem o desenvolvimento sustentável e que tenham sido implementados ou disponibilizados em Portugal nos últimos três anos
  • reunir evidências da sua implementação e respetivos resultados qualitativos e quantitativos

São elegíveis pessoas físicas ou jurídicas sediadas em Território Nacional cujos trabalhos na área de sustentabilidade sejam aderentes aos objetivos do Green Project Awards.

O que é que é avaliado numa candidatura?

De um modo geral, o júri irá avaliar:

  • o impacte nos 3 pilares da Sustentabilidade (Ambiental, Económico e Social)
  • a repercussão no comportamento/atitude dos cidadãos
  • a aplicação de práticas inovadoras e ecoeficientes
  • a relação entre os benefícios gerados e os custos associados
  • a reprodutibilidade

Serão valorizados projetos de entidades cuja missão principal não seja de natureza ambiental ou social.
O regulamento disponível no site apresenta detalhadamente os vários critérios de avaliação em cada categoria.

Como posso candidatar um projeto?

As candidaturas são exclusivamente online, aqui e basta seguir todas as indicações.
Todos os campos do formulário de candidatura são de preenchimento obrigatório.

 

Posso candidatar mais do que um projeto?

Não existe número limite de candidaturas por entidade.

Posso candidatar o mesmo projeto a várias categorias?

Cada projeto apenas pode ser inscrito numa das categorias. A entidade responsável pela candidatura deverá optar por uma das sete categorias do GPA, de acordo com os objetivos e os critérios de avaliação que mais se adequem.

O que acontece se candidatar o mesmo projeto a várias categorias ou se o meu projeto não cumprir as condições de elegibilidade?

A Deloitte é responsável por verificar todas as candidaturas e excluir as que não estiverem de acordo com os critérios de elegibilidade. No caso de se encontrarem situações anómalas, como o mesmo projeto estar inscrito em várias categorias, ou outras, a organização entrará em contacto com a entidade responsável pela candidatura solicitando que optem pela categoria em que querem permanecer inscritos. Caso não seja obtida resposta por escrito da entidade responsável pela candidatura, no prazo máximo de 24h, a organização reserva-se o direito de excluir todas as candidaturas replicadas.

 

 

Existe algum custo associado à candidatura ao Green Project Awards?

A submissão da candidatura está sujeita ao pagamento de uma taxa de inscrição no valor de 100,00€ (+ IVA) para micro e pequenas empresas (empresas com número de colaboradores inferior a 50) e de 500,00€ (+ IVA) para médias e grandes empresas (empresas com número de colaboradores superior a 50) e para entidades pertencentes à Administração Pública.
A inscrição é gratuita para associações e ONG, instituições académicas e candidaturas em nome individual.

O pagamento deve ser efetuado via transferência bancária para:
Novo Banco
IBAN PT50 0007 0000 00209413107 23

O comprovativo da transferência tem obrigatoriamente que ser anexado junto com a documentação de suporte no momento de finalização da candidatura e enviado por email (no momento da transferência) para [email protected] .

Qual o período de candidaturas?

As inscrições encerraram às 17h00 do dia 31 de maio de 2017.

 

Quando e onde será a entrega de prémios?

Os vencedores serão conhecidos na cerimónia de entrega de prémios que terá lugar no Porto, em data a anunciar.

Como posso saber se os projetos que candidatei foram premiados?

Após a validação da lista de finalistas, será enviado um comunicado a todos os candidatos nomeados, por meio do e-mail fornecido pelos mesmos no momento da candidatura e do preenchimento do formulário, sendo este endereço de e-mail da inteira responsabilidade do participante.

Se as minhas candidaturas não forem selecionadas recebo alguma informação?

Não.

Como é feita a avaliação dos projetos?

A avaliação dos projetos é feita por um júri nomeado pela organização do GPA Portugal, composto por sete painéis de júri, um para cada categoria. Cada categoria tem um coordenador e quatro outros jurados, personalidades de reconhecida idoneidade e mérito. Todo o processo de avaliação é auditado pela consultora Deloitte.

Caso o projeto não seja selecionado, poderá ser solicitada uma revisão da análise do mesmo?

Não. Todas as decisões do júri do GPA Portugal são soberanas, não havendo lugar, em qualquer momento, para recursos ou impugnações por partes dos participantes.

Quantos projetos serão premiados?

Será premiado um projeto em cada categoria, podendo o júri conceder menções honrosas, no limite máximo de duas por categoria. O júri poderá deliberar, por maioria, a não atribuição do Prémio, caso considere que as candidaturas não satisfazem os requisitos temáticos ou de qualidade.

Qual é o prémio para o vencedor e para as menções honrosas?

O GPA Portugal prevê os seguintes prémios:

  • Um Galardão para o vencedor de cada categoria
  • Um diploma de menção Honrosa, no limite máximo de duas em cada categoria
  • Poderão ainda ser atribuídas bolsas de pesquisa ou estudo, em universidades parceiras, ou estágios em entidades e empresas apoiantes do Green Project Awards Portugal, por sugestão do júri e validação por parte da Organização.

Os vencedores do Green Project Awards Portugal poderão ser convidados a expor os seus projetos em cerimónias do Green Project Awards Worldwide. O modelo de participação será definido pela Organização após análise dos projetos vencedores e a sua pertinência para as outras edições do GPA.

O Vencedor do Prémio Inovação Social GPA – Sociedade Ponto Verde receberá um prémio monetário, no valor de 5.000,00€ (sobre o qual incidirão os respetivos encargos tributários legalmente aplicáveis) destinado exclusivamente ao desenvolvimento do seu projeto.

Gostaria de me candidatar aos European Business Awards for the Environment (EBAE). O que tenho que fazer?

Desde 2014 que o Green Project Awards é responsável pela selecção em Portugal dos candidatos nacionais aos European Business Awards for the Environment.

Assim, se tem interesse em se candidatar aos EBAE, o primeiro passo será candidatar-se ao GPA.

 

Fui finalista  GPA. Posso candidatar-me aos EBAE?

Apenas os projetos distinguidos no GPA (incluindo vencedores e menções honrosas) são elegíveis para os EBAE.

Como finalista, infelizmente não poderá concorrer.

Fui vencedor GPA. O que tenho que fazer para me candidatar aos EBAE?

Como vencedor GPA é automaticamente elegível aos EBAE – desde que seja uma empresa privada ou uma parceria entre empresas públicas ou ONG’s com empresas privadas, neste último caso apenas para a categoria EBAE de “Cooperação Internacional de Negócios”.

Após a entrega de prémios do GPA , e caso seja elegível, será contactado pela organização que o informará das diligências necessárias: preenchimento em inglês  dos formulários na plataforma europeia de candidatura até data a designar.

 

  • Para esclarecimento de dúvidas:
    [email protected]     Telefone: 213 588 020