Categorias

Em 2017, na sua décima edição, o GPA terá as seguintes categorias:

  • AGRICULTURA
    Serão aceites nesta categoria candidaturas de projetos, iniciativas, produtos ou serviços que representem soluções inovadoras para o desenvolvimento sustentável da agricultura em Portugal, considerando o seu valor acrescentado para a biodiversidade e para a sociedade mediante objetivos claros e com enfoque na preservação do ambiente, na economia verde e na inovação social.
  • CIDADES E MOBILIDADE SUSTENTÁVEIS
    Serão aceites nesta categoria candidaturas de projetos (programas, iniciativas, processos, produtos ou serviços) promotores da mobilidade sustentável, inteligente e integrada, articulando soluções de transportes, energia e tecnologias de informação e comunicação, como mobilidade elétrica, partilha de veículos, sistemas de informação sobre transportes em tempo real, bilhética integrada, mobilidade suave, intermodalidade, sistemas de transportes inteligentes, gestão inteligente do estacionamento, gestão inteligente de frotas, gestão inteligente do tráfego, micrologística urbana, medição de parâmetros de tráfego e ambiente, entre outros. Os projetos poderão integrar soluções tecnológicas, de governação e de alteração de comportamentos.
  • GESTÃO EFICIENTE DE RECURSOS
    Serão aceites nesta categoria candidaturas de projetos, iniciativas, produtos ou serviços inovadores nas áreas da conceção de produto, dos processos de produção, modelos de consumo/distribuição, gestão de resíduos/recursos (reutilização, reparação, renovação, refabrico e reciclagem), intrínsecas aos ciclos técnicos e biológicos do modelo industrial circular. Os projetos candidatos deverão evidenciar de forma clara a aplicação de conceitos de circularidade e a sua aplicabilidade prática no mercado, conhecimento avançado, tecnologias de informação e novos modelos de negócio, com vantagens para o ambiente e ara a economia, bem como a constituição de um ecossistema de inovação associado.
  • INDÚSTRIA 4.0 – TRANSFORMAÇÃO DIGITAL 
    Serão aceites nesta categoria candidaturas de projetos, produtos ou serviços que tenham produzido impacto ao nível das várias dimensões da sustentabilidade, económica, social e ambiental e que contribuam para a transformação digital da economia, isto é, possibilitem o desenvolvimento de “sistemas ciberfísicos”, inteligentes e interligados que permitirão que pessoas, máquinas, equipamentos, sistemas logísticos e produtos comuniquem e cooperem diretamente uns com os outros. Incluem-se, neste âmbito, as tecnologias inovadoras ao nível de produção, logística e comércio eletrónico com potencial para a transformação da relação com o cliente final, fornecedores, os colaboradores e entre empresas, como: Materiais avançados e ambientalmente neutros/amigos do ambiente; Operações modulares; Impressão 3D; Robótica colaborativa; Sensores avançados; Operações por controlo remoto; realidade virtual e realidade aumentada, Advanced analytics; Inteligência artificial; Infraestrutura digital; Cloud computing e Cyber security.
  • INICIATIVA JOVEM
    Os seis finalistas do Projeto 80, serão os candidatos a esta categoria. Saiba mais aqui.
  • INICIATIVA DE MOBILIZAÇÃO
    Serão aceites nesta categoria candidaturas de campanhas, programas, ações e outras iniciativas de mobilização da sociedade para o desenvolvimento sustentável. Iniciativas que tenham produzido impacto na comunidade e que pretendam sensibilizar, informar e despertar a sociedade para o futuro sustentável.
  • INVESTIGAÇÃO & DESENVOLVIMENTO
    Serão aceites nesta categoria candidaturas de projetos que já tenham sido objeto de dissertação ou publicação. Projetos que tragam práticas inovadoras para o aumento da eficiência no uso de energia, água e outros recursos e para a redução da produção de resíduos e outros critérios ambientalmente relevantes
  • MAR
    Serão aceites nesta categoria candidaturas de projetos, produtos, iniciativas ou serviços que representem soluções inovadoras para o desenvolvimento sustentável das atividades económicas, tradicionais ou emergentes em ambiente marinho e que associem a economia do mar, à proteção do património natural, incluindo a gestão do risco associado aos novos usos do mar, a investigação científica e a investigação e desenvolvimento empresarial.
  • TURISMO
    Serão aceites nesta categoria candidaturas de projetos e iniciativas que contribuam para o desenvolvimento sustentável do Turismo em Portugal, assegurando o equilíbrio entre as vertentes económica, social e ambiental, através da aplicação de práticas e soluções inovadores de gestão eficiente de recursos e proteção/preservação ambiental, ou de iniciativas de preservação de valores e heranças culturais.

 

Além destas categorias, este ano também poderá candidatar-se ao Prémio Especial Cooperação Internacional de Negócios:

  • PRÉMIO ESPECIAL COOPERAÇÃO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS
    Serão aceites neste Prémio parcerias constituídas por, pelo menos, uma empresa privada de Portugal e outra organização do setor privado, público ou não-governamental de um país em vias de desenvolvimento ou com economia em transição, e que contribuam significativamente para a transferência ou partilha de conhecimentos ou tecnologia, protecção ou melhoria ambiental, melhoria na disponibilização do produto ou serviço, desenvolvimento da comunidade (excluindo projetos de caridade) e melhoria das condições de trabalho ou outros aspetos relevantes para o desenvolvimento sustentável.

 

Nesta edição, o GPA em parceria com a Sociedade Ponto Verde apresenta a 2ª edição do Prémio Inovação Social Green Project Awards – Sociedade Ponto Verde:

  • PRÉMIO INOVAÇÃO SOCIAL GREEN PROJECT AWARDS – SOCIEDADE PONTO VERDE
    Serão aceites nesta categoria projetos, produtos, serviços ou iniciativas que contribuam para o desenvolvimento e fortalecimento da sociedade civil, apresentando soluções criativas e sustentáveis para fazer face às necessidades e desafios societais (tais como: melhorias de condições de trabalho, saúde e educação, criação de emprego, geração de rendimentos, combate à exclusão social, ações de empoderamento, entre outros).

Por ocasião da sua décima edição, o Green Project Awards institui o PRÉMIO ESPECIAL CARREIRA PELA SUSTENTABILIDADE, que será atribuído por nomeação direta das personalidades e entidades convidadas pela presidência do GPA