E se o Desperdício Alimentar fosse um país?

Estima-se que, atualmente, se consuma mais de 50% de recursos naturais renováveis do que a Terra é capaz de regenerar. E o desperdício é gerado nos mais diferentes sectores de actividade.

Helio Mattar, presidente do Instituto Akatu, fez questão de ilustrar a dimensão do desperdício – alimentar, em particular – gerado pela atividade humana.

Na II Conferência GPA’16, Helio afirmou que se o desperdício alimentar fosse um país, seria o maior consumidor de água e o terceiro em emissão de carbono (neste caso só ultrapassado pelos Estados Unidos e pela China).

Para o presidente do Instituto Akatu, a única de inverter a tendência crescente de desperdício – que aumentou drasticamente nas últimas décadas, em grande parte devido ao aumento da população – é repensar o significado de desperdício e tornar o consumo cada vez mais consciente.