Cais do Sodré com níveis de poluição elevados

Os níveis de poluição medidos no Cais do Sodré são idênticos aos do porto de Hamburgo, o que é pouco recomendável, segundo a Quercus. A ONGA (Organização Não-Governamental de Ambiente) está a avaliar a poluição nos portos de Lisboa, em conjunto com a NABU, uma associação de defesa do ambiente alemã, e as medições realizadas no terminal de ferries no Cais do Sodré e no terminal dos navios de cruzeiro, em Santa Apolónia, registam valores muito elevados de poluição atmosférica.“Neste momento, no terminal de cruzeiros de Santa Apolónia, estão dois cruzeiros atracados a receber passageiros, e estamos com níveis de 20 mil partículas por centímetro cúbico. É um valor bastante elevado, os níveis deveriam estar nas mil partículas por centímetro cúbico”, sublinhou à agência Lusa Mafalda Sousa, da Quercus. Leia mais em Green Savers