Quercus e CTT associam-se para reflorestar zonas ardidas

Os CTT e a Quercus estabeleceram uma parceria para reflorestar zonas ardidas em território nacional com espécies autóctones. O objetivo não passa apenas por replantar as zonas afetadas mas também por envolver e sensibilizar a comunidade para a importância das espécies nativas do território. “Esta campanha tem como objetivo principal sensibilizar a opinião pública para a importância das espécies autóctones”, explicou o presidente da Quercus, Nuno Sequeira, ao Economia Verde. Os CTT participam na iniciativa com o objetivo de reduzir a sua pegada ecológica. “Os dois principais impactos ambientais causados pelos CTT têm que ver com as alterações climáticas e o consumo de matérias-primas”, indica o diretor de sustentabilidade e ambiente dos correios, Luís Paulo. Para participar na iniciativa – “Uma árvore pela Floresta” – basta adquirir uma árvore em qualquer das 210 lojas CTT pelo custo de €3.