EDP Renováveis apresenta case Windfloat

Durante a Conferência da “Ambiente, Energia e Mar: Uma questão do Direito” António Lobo Gonçalves,  Country Manager da EDP Renováveis, destacou como caso de sucesso no sector da energia – o projecto Windfloat. Trata-se de uma projeto piloto de energia eólica offshore ao longo da Póvoa do Varzim. Em 2017, a empresa prevê ter em funcionamento, em Viana do Castelo, o parque eólico composto por três ou quatro torres, com 25 MW de capacidade. O Windfloat foi instalado em 2011 e é um dos únicos três projetos-piloto deste tipo no mundo. A estrutura baseada em plataformas flutuantes também tem impactos ambientais menores já que o equipamento é todo recuperável e o oceano volta às condições anteriores. Em Viana projeta-se a instalação para uma profundidade de 60 metros.