“Bioblitz” para inventariar a biodiversidade do Parque de Serralves

No fim-de-semana de 3 e 4 de maio, Serralves organiza um “Bioblitz”, uma inventariação relâmpago de espécies feita com a participação do público. Esta é a primeira vez que, em Portugal, uma iniciativa deste género acontece num jardim histórico e urbano. Ao contrário de um inventário científico, que é limitado a biólogos e outros investigadores, o “bioblitz” é aberto a famílias, alunos, professores e outros membros da comunidade, que assim ajudam os investigadores a encontrar plantas e animais no Parque de Serralves. Ao longo destes dois dias serão catalogadas aves, anfíbios e répteis, micromamíferos e morcegos, insetos e aranhas, plantas, líquenes e cogumelos. Esta é uma oportunidade única de contribuir para aumentar a lista de espécies já identificadas, trabalhar com a comunidade científica e conhecer melhor a fauna e flora do Parque de Serralves.